RESERVE ONLINE QUIOSQUE ONLINE

Aldeia da Pedralva

A Aldeia da Pedralva foi durante muitos anos uma aldeia de vocação agrícola. Em 2006 era um conjunto de ruínas com 9 habitantes. Depois de um longo processo foi possível iniciar a sua reconstrução, nascendo assim o Turismo de Aldeia da Pedralva.
RESERVE JÁAlojamento

Aberto 365 dias por ano

Aberto 365 dias por ano, o Turismo de Aldeia da Pedralva, composto por 25 Casas de Campo, de 1, 2 ou 3 quartos, pretende ser um regresso ao passado onde pode encontrar todas as facilidades que possa imaginar
RESERVE JÁAlojamento

Em plena Rota Vicentina

Este alojamento é uma excelente paragem para que os caminhantes possam recarregar baterias a meio caminho entre a Carrapateira e Vila do Bispo, onde pode contar com um centro de Actividades com uma completa oferta de equipamentos.
RESERVE JÁAlojamento
 
 

Aldeia da Pedralva

Turismo de Aldeia / Casas de Férias
Pedralva

 

Aldeia da Pedralva foi durante muitos anos uma aldeia de vocação agrícola até que nos últimos 30 anos entrou em processo de despovoamento. Em 2006 era um conjunto de ruínas com 9 habitantes. Depois de um longo processo para a compra das casas da aldeia a um conjunto de 200 pessoas, foi possível iniciar o processo de reconstrução, tão próximo do original quanto possível.

Nasceu assim o Turismo de Aldeia da Pedralva, composto por 25 Casas de Campo, de 1, 2 ou 3 quartos e que pretende ser um regresso ao passado. Aberto 365 dias por ano, aqui pode 

encontrar todas as facilidades que possa imaginar. À sua disposição tem um restaurante de comida tradicional portuguesa, o “Sítio da Pedralva”, zonas de lazer como a piscina, o forno comunitário ou o parque infantil, um Café Central, zonas de estar, biblioteca, videoteca e ainda um centro de Actividades com uma completa oferta de equipamentos.

Neste processo de voltar a dar vida à aldeia da Pedralva também a Rota Vicentina fez o seu percurso, passando bem no coração da aldeia. Uma excelente paragem para que os caminhantes possam recarregar baterias a meio caminho entre a Carrapateira e Vila do Bispo.

 
 

Resumo

Tipologia:

13 casas T1
8 casas T2
4 casas T3

Línguas:

Português, Inglês, Francês, Alemão e Espanhol

Preços:

A partir de 71€/noite para duas pessoas

Contactos:

Pedro Pereira Silva
Aldeia da Pedralva
Rua de Baixo – Recepção
T: (+351) 282 639 342
GPS: 37° 8’30.17″N / 8°51’42.23″W

Capacidade:

90 adultos + 30 crianças

Calendário de abertura:

Aberto todo o ano

Estadia mínima:

1 noite

Meios de pagamento:

Dinheiro, MB, VISA ou transferência bancária


 

Detalhes

Localização:

No campo

Comida e bebida:

Serviço de pequeno-almoço
Serviço de almoço
Serviço de jantar
Bar
Piquenique
Kitchenette
Barbecue
Take-Away/ Refeições embaladas
Entrega diária de pão e bolos da região para pequeno-almoço em casa

Serviços extra:

Transferes de passageiros e bagagens
Massagens
Babysitting
Lavagem de roupa
Venda de produtos regionais
Aluguer de artigos de caminhada (bastões, mochilas, binóculos e GPS)
Aluguer de bicicletas e equipamento + instalações (capacetes, kits de Emergência, GPS, oficina, estação de lavagem de bicicletas e cadeados)
Hipismo
Pesca lúdica
Surf
Mergulho
Organização de eventos

Características:

Aquecimento
Lareira (Restaurante, Café Central e Sala de leitura)
Wi-fi gratuito (Restaurante, Café Central e Sala de leitura)
TV satélite (Café Central)
Piscina exterior
Equipado para receber pessoas com mobilidade reduzida
Possibilidade de aceitar animais

Oferta de actividades:

Parque infantil
Matraquilhos
Percursos pedestres
Geocaching e ateliers

Grupos e eventos:

Sala com capacidade para 50 pax

 



 


 

Contacte-nos directamente





Mapa

 

Ao reservar connosco está a:

» Garantir o preço mais baixo     » Apoiar a Rota Vicentina      » Favorecer o turismo local
 

Conheça outras opções

Se vem até à Costa Alentejana e Vicentina, reserve directamente connosco, estará a preferir as empresas que são parceiras do projecto, que investem, conhecem e a preservam!

Na hora de reservar, a sua escolha fará toda a diferença! Desta forma, garante também o seu contributo à Rota Vicentina.