RESERVE ONLINE QUIOSQUE ONLINE

Rumo ao interior

Estas são paisagens em que a serra se derrama até ao litoral, indo morrer à praia, transmitindo sensações de amenidade e serenidade, mas também de vigor e magnificência. Aprecie como a vila da Carrapateira se encaixa nesta paisagem de sonho.

Caminho Alternativo

Em períodos de elevada precipitação, o troço entre as aldeias da Vilarinha e da Pedralva pode ficar alagado, devido à subida do caudal da ribeira que terá de travessar por seis vezes. Se fizer esta etapa na época das chuvas, estude o mapa e siga a dica que lhe deixamos em baixo.

Fósseis vivos

Junto ao parque eólico, que irá passar depois da Pedralva, pode encontrar alguns charcos temporários. Nestes habitats existem pequenos crustáceos, os Triops, que são fósseis vivos, ou seja, seres que se mantiveram com a mesma forma de há centenas de milhões de anos.

Trilho dos Pescadores

Fique mais um dia na Carrapateira e aprecie a beleza da região, percorrendo o Circuito Pontal da Carrapateira. Ao longo deste percurso encontra vários miradouros com vistas soberbas sobre as escarpas e os areais da Bordeira e do Amado e ainda as ruínas de um antigo povoado Islâmico sazonal de pescadores.

Caminho Histórico


 

Carrapateira » Vila do Bispo

22 km

 
 
 

Depois de vistas cimeiras sobre o imenso areal da Bordeira, a beleza dos vales onde mal se sente a presença humana e as pitorescas aldeias da Vilarinha e da Pedralva, estará em condições para enfrentar os ventos fortes que se anunciam, com a chegada a Vila do Bispo. Uma etapa onde é possível experimentar a essência da Costa Vicentina.

 



 
ABRIR MAPA

O início do percurso brinda-nos com paisagens em que a serra se derrama até ao litoral, indo morrer à praia. Rochedos, encostas das serras, ribeiras ou terrenos planos nos vales profundos, são alguns dos elementos que compõem a estética da paisagem e constituem um mosaico de habitats com funções ecológicas distintas.

No caminho para o interior, rumo às aldeias da Vilarinha e Pedralva, junto às ribeiras, encontramos a tamargueira, o salgueiro, o freixo e o carvalho português. Nas encostas mais secas, o sobreiro, o zambujeiro, os pinheiros (bravo e manso) e as oliveiras. Nas encostas mais íngremes pode contemplar-se a vegetação natural, praticamente intocada pelo Homem, com denso matagal no sob-coberto dos sobreiros. Nesses matos abundam o medronheiro, a urze branca, a queiró, o folhado, a esteva, a aroeira, o espargo-bravo, o trovisco, o lentisco e os tojos.

Junto ao parque eólico, que irá passar depois da Pedralva, pode encontrar alguns charcos temporários. São talvez o habitat mais rico em biodiversidade do Sw de Portugal, fundamental, por exemplo, para a reprodução da maior parte dos anfíbios da nossa fauna. Exactamente por serem temporários (secarem no Verão), eles estão livres de predadores de ovos e girinos, constituindo assim um local seguro para as posturas. Do Outono à Primavera, para além dos milhares de girinos, os charcos são povoados por aves, cágados, mamíferos e plantas. Em Abril e Maio, as flores oferecem uma paleta de cores: miosótis azuis, narcisos amarelos, jacintos lilases, orquídeas roxas, malmequeres brancos… No Verão, esta ilha de diversidade entra em estivação, oferecendo um aspeto desértico e  desolado.

Quando atravessar o perímetro florestal de Vila do Bispo, avance em silêncio e use binóculos, porque os avistamentos de fauna são prováveis, sobretudo aves.

 

+

Dicas


Abastecimento durante o percurso

Ao km 9.5, passa pela aldeia da Pedralva.

Aproveite o Trilho dos Pescadores

O Circuito Pontal da Carrapateira é um percurso circular de 10 km com partida e chegada à aldeia. Fique mais um dia e aprecie a beleza da região, conhecendo melhor as redondezas.


Caminho Alternativo

O troço entre as aldeias da Vilarinha e da Pedralva pode ficar bastante alagado durante o Inverno e períodos de elevado precipitação. Nestas ocasiões deve optar pelo caminho alternativo, seguindo as indicações que encontra no terreno.

Uma vez que o percurso não está marcado, leve consigo o track em GPX ou KMZ. Mais detalhes na secção de avisos desta etapa.

 
FECHAR



 

Onde Começar

Carrapateira:

No Largo do Comércio, subindo em direcção ao Museu da Terra e do Mar.

Vila do Bispo:

Junto à Igreja Matriz, seguindo em direcção ao campo de futebol.

Ficha Técnica

GRAU DE DIFICULDADE: FÁCIL
EXTENSÃO: 22 KM
DURAÇÃO APROXIMADA: 6 HORAS
SUBIDA ACUMULADA: 299 M
DESCIDA ACUMULADA: 206 M
ALTITUDE MÁXIMA: 144 M
ALTITUDE MÍNIMA: 10 M
ÉPOCA ACONSELHADA:
SETEMBRO A JUNHO
 
+

Avisos Importantes

Durante o Inverno e períodos de elevada precipitação

O troço entre as aldeias da Vilarinha e da Pedralva, pode ficar bastante alagado, devido à subida dos caudais das ribeiras da Carrapateira e Sinceira, que terá que atravessar por seis vezes.

Nestas ocasiões, tome atenção à sinalética e opte por tomar o caminho alternativo, evitando o troço em questão:

- Vindo da Carrapateira, ao chegar junto à placa informativa de desvio, à entrada da aldeia da Vilarinha, tome o caminho da direita. Atravesse a aldeia até entrar em trilho de pé posto, atrás da última casa, passando um portão de madeira. 200 m à frente, vire à esquerda e suba o monte, curvando à direita. No topo ande um pouco para a direita e volte a descer, pelo trilho à esquerda, até reencontrar o caminho principal.

- Da Pedralva, ao encontrar a placa de aviso à beira do caminho, suba pelo trilho de pé posto à sua esquerda. No topo ande um pouco para a direita e volte a descer, pelo trilho à esquerda, até avistar a aldeia da Vilarinha. Siga as setas vermelhas.

Descarregue o track em GPX ou KMZ.

 
FECHAR

REGRAS E RECOMENDAÇÕES

A CIRCULAÇÃO DE VIATURAS MOTORIZADAS COLOCA OS CAMINHANTES EM RISCO
EVITE FAZER O CAMINHO HISTÓRICO DE MOTO OU JEEP, ESTUDE ALTERNATIVAS
NÃO FAÇA FOGO
VÁRIAS QUINTAS E REBANHOS SÃO PROTEGIDOS POR CÃES, CIRCULE COM PRECAUÇÃO.
CUIDADO COM O GADO. EMBORA MANSO, NÃO GOSTA DA APROXIMAÇÃO DE ESTRANHOS ÀS SUAS CRIAS.
OS CAMINHOS ATRAVESSAM PROPRIEDADES PRIVADAS, RESPEITE-AS E FECHE SEMPRE PORTÕES E CANCELAS.
FRACO APOIO DE SERVIÇOS TURÍSTICOS AO LONGO DA ETAPA. LEVE SEMPRE ÁGUA E MANTIMENTOS.
EM ALGUMAS SITUAÇÕES TERÁ QUE ATRAVESSAR ESTRADAS ASFALTADAS, TENHA ATENÇÃO
ENCONTRARÁ VÁRIOS LOCAIS IDEAIS PARA UM PIQUENIQUE, CARREGUE SEMPRE O LIXO CONSIGO.
SEJA AFÁVEL COM OS LOCAIS, APRESENTE O SEU PROPÓSITO E APROVEITE PARA PARTILHAR EXPERIÊNCIAS.
 




 

< ETAPA ARRIFANA » CARRAPATEIRA



ETAPA VILA DO BISPO » CABO DE S. VICENTE >