RESERVE ONLINE QUIOSQUE ONLINE

Cerros da Carrapateira

Praia do Amado vista dos Cerros

Aldeia da Vilarinha

Percursos Circulares


 

Cerros da Carrapateira

13.5 Km

 
 
 

As sucessivas panorâmicas que se obtêm do topo dos cerros, sobre as praias do Amado e Bordeira, aldeias da Carrapateira e Vilarinha, bem como de toda a zona circundante até à Fóia de Monchique, tornam esta caminhada num espectáculo para quem aprecia grandes vistas.

 



 
ABRIR MAPA

O troço mais SW deste Percurso Circular, mais próximo do mar, segue entre pastagens, pousios e matos baixos e abertos. Predomina o tojo-do-sul, que na primavera tinge as colinas de um glorioso amarelo. Mas a fazer-lhe companhia estão muitas outras espécies, como o tomilho-canforado e a esteva-de-Sagres (espécies que só podem ser encontradas na costa SW de Portugal), a aroeira, o trovisco, a cebola-do-mar, o espargo-bravo ou a joina-das-areias.

Nos pinhais de pinheiro manso, é frequente o tojo-prateado (Ulex argenteus), uma espécie endémica de Portugal; a cor dos espinhos não é verde como a maior parte dos tojos, mas cinza-prata, como o próprio nome indica.

No troço mais a nascente deste percurso, encontra magníficas manchas de floresta de sobreiro com matagal de medronheiro, mas também comunidades mais pobres, em áreas onde antes já existiram sobreirais. O empobrecimento do habitat resultou do fogo e da plantação de pinhais e eucaliptais. O coberto arbustivo é aqui mais pobre, dominado pela esteva.

As espécies invasoras (acácia e outras) aproveitam a perturbação para se imporem. Aproveite, pois, a descida para a Vilarinha para apreciar os sobreirais, habitat de numerosas espécies da fauna. Nas aves, destaque para o tentilhão, a milheirinha, a carriça, as toutinegras, o rouxinol ou as felosas.

Os sobreiros mais velhos, ou até mortos, fornecem as cavidades naturais necessárias para espécies cavernícolas como os morcegos e diferentes espécies de aves: corujas, pica-paus, torcicolo, chapins ou trepadeiras. Também comuns neste habitat são répteis como o sardão, a lagartixa-do-mato, a cobra-rateira e a cobra-de-escada.

 

+

Dicas


Abastecimento durante o percurso

Apenas na aldeia da Carrapateira.

 


Várias combinações possíveis!

Este percurso cria uma série de combinações possíveis, para vários dias a caminhar na região. Estude o mapa e tire o máximo partido da rede de percursos existente, combinando o Percurso Circular com a etapa Carrapateira » Vila do Bispo do Caminho Histórico e o Circuito Pontal da Carrapateira do Trilho dos Pescadores.

 
FECHAR



 

Onde Começar

No Largo da Carrapateira, seguindo na estrada nacional para Vila do Bispo e entrando à direita, na direcção da Praia do Amado.

Ficha Técnica

GRAU DE DIFICULDADE: ALGO DIFÍCIL
EXTENSÃO: 13.5 KM
DURAÇÃO APROXIMADA: 4 H
SUBIDA ACUMULADA: 255 M
DESCIDA ACUMULADA: 255 M
ALTITUDE MÁXIMA: 131 M
ALTITUDE MÍNIMA: 9 M
ÉPOCA ACONSELHADA:
SETEMBRO A JUNHO
 
+

Avisos Importantes

Marcação

As Pequenas Rotas são sinalizadas com as cores amarela e vermelha. Quando o percurso é coincidente com o Caminho Histórico, as marcas de “caminho certo” passam a ter três cores - branco, amarelo e vermelho – enquanto as de mudança de direcção mantêm as cores do Caminho Histórico - branco e vermelho.

 
FECHAR

REGRAS E RECOMENDAÇÕES

A CIRCULAÇÃO DE VIATURAS MOTORIZADAS COLOCA OS CAMINHANTES EM RISCO
EVITE FAZER ESTE PERCURSO DE MOTO OU JEEP, ESTUDE ALTERNATIVAS
NÃO FAÇA FOGO
VÁRIAS QUINTAS E REBANHOS SÃO PROTEGIDOS POR CÃES, CIRCULE COM PRECAUÇÃO
CUIDADO COM O GADO. EMBORA MANSO, NÃO GOSTA DA APROXIMAÇÃO DE ESTRANHOS ÀS SUAS CRIAS
OS CAMINHOS ATRAVESSAM PROPRIEDADES PRIVADAS, RESPEITE-AS E FECHE SEMPRE PORTÕES E CANCELAS
EM ALGUMAS SITUAÇÕES TERÁ QUE ATRAVESSAR ESTRADAS ASFALTADAS, TENHA ATENÇÃO
NÃO EXISTE ABASTECIMENTO AO LONGO DO PERCURSO, LEVE ÁGUA E MANTIMENTOS CONSIGO.
ENCONTRARÁ VÁRIOS LOCAIS IDEAIS PARA UM PIQUENIQUE, CARREGUE SEMPRE O LIXO CONSIGO
SEJA AFÁVEL COM OS LOCAIS, APRESENTE O SEU PROPÓSITO E APROVEITE PARA PARTILHAR EXPERIÊNCIAS
 




 

ARRIFANA » CARRAPATEIRA



CARRAPATEIRA » VILA DO BISPO