RESERVE ONLINE QUIOSQUE ONLINE

Ribeira de Seixe

A parte inicial deste circuito faz-se ao longo da ribeira de Seixe. As zonas húmidas junto à foz de rios e ribeiros são sítios de grande produtividade, ou seja, cria-se ali muita vida minúscula que alimenta peixes, répteis, aves e mamíferos.

Praia de Odeceixe

Ao chegar à praia de Odeceixe, o percurso orienta-se a sul, ao longo da costa. Goze da paisagem soberba sobre a praia, e se veio de norte pelo Trilho dos Pescadores, observe o local que pisou no dia anterior.

Vegetação Dunar

Os arbustos das dunas têm frequentemente uma forma de almofada, que se revela muito aerodinâmica – não oferece resistência ao vento, antes o desvia com suavidade. Outras plantas são mais altas, atrevendo-se a erguer acima do nível das restantes.

Caminho Histórico

Ao cruzar-se com o canal de rega do Mira, na povoação de João Roupeiro, estará na etapa do Caminho Histórico entre Odeceixe e Aljezur. Escolha entre continuar para sul, ou regressar ao ponto de partida, fazendo uma caminhada circular que totaliza 13 km.

Trilho dos Pescadores


 

Circuito Praia de Odeceixe

9 km

 
 
 

A ribeira de Seixe e a praia da vila são argumentos de peso para que se deixe ficar mais uma noite em Odeceixe, aproveitando para fazer este percurso que o levará até junto da linha de costa por trilhos de pescadores. Poderá também combinar este percurso com o Caminho Histórico e continuar no mesmo dia até Aljezur.

 



 
ABRIR MAPA

O doce fluxo da água vinda desde Monchique, depois de refrescar hortas e várzeas, derrama-se abundantemente no oceano. No seu troço final, vai deixando sedimentos nas margens, criando labirínticas zonas húmidas que constituem habitats essenciais para a fauna.

As garças-reais e as garças-brancas são presença habitual, assim como as aves limícolas. Estas últimas são frequentes na praia: pilritos, rolas do mar e borrelhos correm inquietos junto à espuma das ondas, devorando apressadamente todos os pequenos animais trazidos pelo mar.

A vegetação, discretamente, faz-nos o grande favor de proteger as dunas do ataque do vento. Sem estes arbustos aromáticos, em forma de almofada para melhor resistirem ao vento, as dunas desapareceriam. A areia que as constitui seria levada para os campos agrícolas, casas e estradas, pelo vento que sopra do mar para terra.

Vale a pena também apreciar as formas que a erosão do mar escava nas rochas das falésias. Estas rochas antigas estavam já dobradas e partidas pela formação de cadeias montanhosas antigas. Agora o mar e os pequenos riachos escavam-nas, acrescentando novas formas, igualmente espectaculares.

 

+

Dicas


Abastecimento durante o percurso

- Ao km 3, na praia de Odeceixe

- A partir de João Roupeiro, antes de se cruzar com o Caminho Histórico, poderá seguir em frente, em direcção a Maria Vinagre (1.4 km)


Fique mais uma noite em Odeceixe

Aproveite este circuito para fazer um percurso circular, regressando a Odeceixe pelo Caminho Histórico. Esta opção totaliza 13 km.

Combine este percurso com o Caminho Histórico

Em alternativa poderá continuar pelo Caminho Histórico até Aljezur. Esta opção soma um total de 23 km.

 
FECHAR



 

Onde Começar

Odeceixe (norte):

Após a ponte sob a ribeira de Seixe, entrando na vila e seguindo em direcção à praia, junto à várzea.

João Roupeiro (sul): perto do Monte João Roupeiro, onde o canal de rega se cruza com a estrada perpendicular ao monte.

Ficha Técnica

GRAU DE DIFICULDADE: FÁCIL
EXTENSÃO: 9 KM
DURAÇÃO APROXIMADA: 3 HORAS
SUBIDA ACUMULADA: 104 M
DESCIDA ACUMULADA: 17 M
ALTITUDE MÁXIMA: 93 M
ALTITUDE MÍNIMA: 2 M
ÉPOCA ACONSELHADA:
SETEMBRO A JUNHO
 
+

Avisos Importantes

Seja prudente

Entre a vila de Odeceixe e a praia, o percurso segue ao longo da estrada. Circule pelo lado esquerdo da via (sentido oposto ao trânsito) e seja prudente.

 
FECHAR

REGRAS E RECOMENDAÇÕES

NÚMERO MÁXIMO DE 20 PESSOAS POR GRUPO. PARA FAZER EXCLUSIVAMENTE A PÉ
É PROIBIDA A CIRCULAÇÃO DE VEÍCULOS NAS DUNAS
É PROIBIDO ACAMPAR EM TODO O TRILHO DOS PESCADORES, PROCURE OS PARQUES DE CAMPISMO
PERCURSO NÃO RECOMENDADO A PESSOAS COM VERTIGENS OU MEDO DE ALTURAS
AS ARRIBAS SÃO SISTEMAS EM PERMANENTE PROCESSO DE EROSÃO, O SEU PISOTEIO REPRESENTA PERIGO DE QUEDA
A MARCAÇÃO SEGUE OS TRILHOS SELECCIONADOS PARA UM MENOR IMPACTO NA NATUREZA, RESPEITE-OS
VÁRIAS ESPÉCIES DE AVES NIDIFICAM NAS FALÉSIAS, PROTEJA-AS DE QUALQUER PERTURBAÇÃO
A VEGETAÇÃO DAS FALÉSIAS CONTÉM ESPÉCIES RARAS, ENDÉMICAS E INFESTANTES. NÃO RECOLHA AMOSTRAS
AS FALÉSIAS APRESENTAM FORMAÇÕES ROCHOSAS E VESTÍGIOS ARQUEOLÓGICOS. NÃO RECOLHA AMOSTRAS
FRACO APOIO DE SERVIÇOS TURÍSTICOS AO LONGO DA ETAPA, LEVE ÁGUA E MANTIMENTOS CONSIGO
NÃO FAÇA FOGO
NÃO DEIXE LIXO E AJUDE-NOS, TRAZENDO O QUE ENCONTRAR
 




 

< ETAPA ZAMBUJEIRA DO MAR » ODECEIXE



CIRCUITO PRAIA DA AMOREIRA >