RESERVE ONLINE QUIOSQUE ONLINE

Hortas de S. Luís

Ainda não descobriu o prazer de caminhar, tem pouco tempo ou andava à procura de uma caminhada curta, fácil e acessível? Então este percurso circular foi criado a pensar em si.

Lavadouro Público

O lavadouro público já teve um lugar de relevo na vida da aldeia. Aí se juntavam as mulheres para lavar a roupa com o indispensável sabão azul-e-branco. Mas o lavadouro era acima de tudo o jornal diário da aldeia, onde se sabiam as novidades, se trocavam mexericos e se cozinhavam as ideias que haviam de prevalecer na opinião pública local.

Marcações

As Pequenas Rotas são sinalizadas com as cores amarela e vermelha. Quando o percurso é coincidente com o Caminho Histórico, as marcas passam a ter três cores: branco, amarelo e vermelho.

Bancos Públicos

Os bancos públicos chamam-se localmente bancos dos velhos. Os bancos são baptizados consoante o grupo que os ocupa – há o «tribunal», a «censura» ou «os críticos», por exemplo. Uma das maiores riquezas se S. Luís está nestas pessoas com mais idade, que guardam memórias, saberes antigos e histórias que vale a pena ouvir.

Serra de S. Domingos

Estenda esta curta caminhada e aproveite para subir à Serra de S. Domingos, o que acrescenta 4 km ao percurso (ida e volta). Com 329 m, é o ponto mais alto da Rota Vicentina e merece o esforço.

Percursos Circulares


 

Hortas de S. Luís

3.5 km

 
 
 

Ainda não descobriu o prazer de caminhar, tem pouco tempo ou andava à procura de uma caminhada curta, fácil e acessível? Então este percurso circular foi criado a pensar em si. Vai apreciar as hortas e quintais de S. Luís e ainda viver a magia de uma floresta de sobreiros, sempre com a etapa Cercal do Alentejo » S. Luís do Caminho Histórico por perto.

 



 
ABRIR MAPA

Junto à aldeia, atravessam-se pequenas quintas, hortas e pomares, separadas pelas sebes de loureiro, características de S. Luís, que ladeiam também muitos dos caminhos do percurso. Alguns loureiros libertaram-se do acanho das sebes e são agora garbosas árvores. Aproveite para apanhar alguns ramos, secar as folhas e usar para cozinhar pratos de carne ou peixe ou ainda todo o tipo de assados e caldeiradas.

Tanto junto às hortas como no caminho que ladeia o montado, o medronheiro é outra presença constante neste percurso.

S. Luís foi sempre uma aldeia rica em recursos, explorados em actividades como a mineração (em S. Domingos), a extracção da cortiça, o comércio (a partir do porto fluvial da Casa Branca), a produção de madeira, a criação de gado ou a pedreira. Era S. Luís que fornecia de produtos agrícolas a povoação de Vila Nova de Milfontes, cuja população se dedicava inteiramente à pesca.

Actualmente S. Luís é conhecida também pela recuperação de uma prática antiga, a construção em terra, vivendo na aldeia alguns especialistas na técnica de construção em taipa.

 

+

Dicas


Abastecimento durante o percurso

Apenas na aldeia de S. Luís.


Combine o Caminho Histórico com o Percurso Circular

Estude o mapa e estenda esta curta caminhada, tirando partido da etapa Cercal do Alentejo « S. Luís do Caminho Histórico. Pelo caminho aproveite para subir à Serra de S. Domingos, o que acrescenta 4 km ao percurso (ida e volta). Com 329 m, é o ponto mais alto da Rota Vicentina e merece o esforço.

 
FECHAR



 

Onde Começar

S. Luís:

Junto à Igreja de S. Luís, descendo em direcção aos lavadouros, pela Travessa do Lavadouro e continuando em frente pela terra batida, na Rua da Pedreira.

Nota:

Sugerimos que faça este percurso no sentido contrário ao dos ponteiros do relógio, apesar de estar marcado em ambos os sentidos.

Ficha Técnica

GRAU DE DIFICULDADE: FÁCIL
EXTENSÃO: 3.5 KM
DURAÇÃO APROXIMADA: 1.5 HORAS
SUBIDA ACUMULADA: 65 M
DESCIDA ACUMULADA: 65 M
ALTITUDE MÁXIMA: 205 M
ALTITUDE MÍNIMA: 146 M
ÉPOCA ACONSELHADA:
SETEMBRO A JUNHO
 
+

Avisos Importantes

Marcação

As Pequenas Rotas são sinalizadas com as cores amarela e vermelha. Quando o percurso é coincidente com o Caminho Histórico, as marcas passam a ter três cores: branco, amarelo e vermelho.

 
FECHAR

REGRAS E RECOMENDAÇÕES

A CIRCULAÇÃO DE VIATURAS MOTORIZADAS COLOCA OS CAMINHANTES EM RISCO
EVITE FAZER ESTE PERCURSO DE MOTO OU JEEP, ESTUDE ALTERNATIVAS
NÃO FAÇA FOGO
VÁRIAS QUINTAS E REBANHOS SÃO PROTEGIDOS POR CÃES, CIRCULE COM PRECAUÇÃO
CUIDADO COM O GADO. EMBORA MANSO, NÃO GOSTA DA APROXIMAÇÃO DE ESTRANHOS ÀS SUAS CRIAS
OS CAMINHOS ATRAVESSAM PROPRIEDADES PRIVADAS, RESPEITE-AS E FECHE SEMPRE PORTÕES E CANCELAS
EM ALGUMAS SITUAÇÕES TERÁ QUE ATRAVESSAR ESTRADAS ASFALTADAS, TENHA ATENÇÃO
NÃO EXISTE ABASTECIMENTO AO LONGO DO PERCURSO, LEVE ÁGUA E MANTIMENTOS CONSIGO.
ENCONTRARÁ VÁRIOS LOCAIS IDEAIS PARA UM PIQUENIQUE, CARREGUE SEMPRE O LIXO CONSIGO
SEJA AFÁVEL COM OS LOCAIS, APRESENTE O SEU PROPÓSITO E APROVEITE PARA PARTILHAR EXPERIÊNCIAS
 




 

< ETAPA CERCAL DO ALENTEJO » S. LUíS



ETAPA S. LUÍS » ODEMIRA >


 

A NÃO PERDER



ALOJAMENTOS MAIS PRÓXIMOS