RESERVE ONLINE QUIOSQUE ONLINE

Falésias da Costa Sw

As rochas das falésias são essencialmente xistos e grauvaques, resultantes da consolidação de areias, argilas e cinzas vulcânicas que se acumularam, há 300 milhões de anos, no fundo de um mar antigo.

Coelho bravo

O coelho bravo reproduz-se por aqui tão abundantemente como reza a lenda: fica sexualmente activo com apenas um ano de idade e tem 2 a 4 ninhadas por ano. Ainda bem que assim é, porque este mamífero é presa preferencial de 30 espécies de carnívoros!

O fado e a Costa Alentejana

Toda esta região tem uma energia muito especial e era precisamente aqui, neste pedaço de costa surpreendente, que a diva do Fado Amália Rodrigues tinha o seu refúgio de praia. O areal em frente à sua propriedade ainda hoje nos aviva a memória. É a praia da Amália.

Rizoconcreções

As rizoconcreções são tubos de areia cimentada, por vezes ramificados, como se fossem raízes de areia. Quando as plantas morrem e se decompõem, as carapaças de arenito que envolviam as raízes por ali ficam, ocas, a intrigar os caminhantes.

Ponta em Branco

Da Ponta em Branco, usufrua de uma vista soberba sobre a praia de Odeceixe, a serra de Monchique e a ribeira de Seixe que aqui desagua, assinalando a fronteira entre as regiões do Alentejo e do Algarve.

Trilho dos Pescadores


 

Zambujeira do Mar » Odeceixe

18 km

 
 
 

As praias dos Alteirinhos, Carvalhal, Machados e Amália abrem caminho até à Azenha do Mar, onde encontra um porto de pesca natural e para terminar, uma das mais impressionantes vistas de todo o território, a praia de Odeceixe vista da majestosa Ponta em Branco.

 



 
ABRIR MAPA

Repare nas formas das rochas mais antigas, escuras, que constituem as falésias. Quando elas se formaram, os estratos estavam numa perfeita posição horizontal. Agora apresentam dobras absolutamente espantosas, que surgem em manuais de Geologia e compêndios de Estratigrafia. Alguns estratos estão agora numa posição vertical, como paredes.

É interessante imaginar as forças capazes de dobrar rochas como se elas fossem massa folhada! Bem mais pacata e recente foi a formação dos tubos de areia consolidada que surgem um pouco por todo o trilho.

Neste troço vai encontrar abundantes marcas de presença de mamíferos, sobretudo carnívoros, que vivem nestas dunas. Dificilmente observará os animais, uma vez que eles têm hábitos nocturnos e permanecem todo o dia nas tocas. Mas será possível observar indícios da sua presença – dejectos, pegadas, tocas ou restos das caçadas nocturnas.

Neste troço existem: sacarrabos (localmente designado escalabardo), doninha, fuinha (também chamado papalvo), texugo, geneta e lontra. O coelho é outro mamífero que constrói, nas dunas mais estáveis deste troço, complexos sistemas de tocas. Reproduz-se por aqui tão abundantemente como reza a lenda e ainda bem que assim é, porque este mamífero é presa preferencial de 30 espécies de carnívoros!

 

+

Dicas


Abastecimento durante o percurso

- Ao km 6.5, encontra assinalado o desvio de 2 km até à aldeia do Brejão

- Ao km 9.5 atravessa a aldeia da Azenha do Mar


Encurte esta etapa

Entre a vila de Odeceixe e o topo norte da praia, o caminho segue por uma estrada asfaltada (4 km). Apanhe um táxi e torne a etapa mais curta.

 
FECHAR



 

Onde Começar

Zambujeira do Mar:

Na Capela de Nossa Senhora do Mar, descendo em direcção à praia da aldeia.

Odeceixe:

Na praça da vila, saindo em direcção à estrada nacional e passando a ponte rodoviária sobre a ribeira. Vire à esquerda e siga pela estrada asfaltada até ao lado norte da praia de Odeceixe.

Ficha Técnica

GRAU DE DIFICULDADE: ALGO DIFÍCIL
EXTENSÃO: 18 KM
DURAÇÃO APROXIMADA: 7 HORAS
SUBIDA ACUMULADA: 263 M
DESCIDA ACUMULADA: 283 M
ALTITUDE MÁXIMA: 74 M
ALTITUDE MÍNIMA: 1 M
ÉPOCA ACONSELHADA:
SETEMBRO A JUNHO
 
+

Avisos Importantes

Na zona do Lombo do Asno, a sul da praia dos Alteirinhos, o trilho faz um pequeno desvio a interior, de forma a contornar uma zona sensível. Por uma questão de segurança e de preservação ambiental, esteja atento e respeite este desvio.

Contamos com o seu cuidado!

 
FECHAR

REGRAS E RECOMENDAÇÕES

NÚMERO MÁXIMO DE 20 PESSOAS POR GRUPO. PARA FAZER EXCLUSIVAMENTE A PÉ
É PROIBIDA A CIRCULAÇÃO DE VEÍCULOS NAS DUNAS
É PROIBIDO ACAMPAR EM TODO O TRILHO DOS PESCADORES, PROCURE OS PARQUES DE CAMPISMO
PERCURSO NÃO RECOMENDADO A PESSOAS COM VERTIGENS OU MEDO DE ALTURAS
AS ARRIBAS SÃO SISTEMAS EM PERMANENTE PROCESSO DE EROSÃO, O SEU PISOTEIO REPRESENTA PERIGO DE QUEDA
A MARCAÇÃO SEGUE OS TRILHOS SELECCIONADOS PARA UM MENOR IMPACTO NA NATUREZA, RESPEITE-OS
VÁRIAS ESPÉCIES DE AVES NIDIFICAM NAS FALÉSIAS, PROTEJA-AS DE QUALQUER PERTURBAÇÃO
A VEGETAÇÃO DAS FALÉSIAS CONTÉM ESPÉCIES RARAS, ENDÉMICAS E INFESTANTES. NÃO RECOLHA AMOSTRAS
AS FALÉSIAS APRESENTAM FORMAÇÕES ROCHOSAS E VESTÍGIOS ARQUEOLÓGICOS. NÃO RECOLHA AMOSTRAS
FRACO APOIO DE SERVIÇOS TURÍSTICOS AO LONGO DA ETAPA, LEVE ÁGUA E MANTIMENTOS CONSIGO
NÃO FAÇA FOGO
NÃO DEIXE LIXO E AJUDE-NOS, TRAZENDO O QUE ENCONTRAR