RESERVE ONLINE QUIOSQUE ONLINE

O PROJECTO


Para além da implementação do caminho, o projecto prevê também a sua integração na oferta turística e comunidade local e a divulgação a nível nacional e internacional.

Concebida como estrutura pública, a Rota Vicentina pretende afirmar-se como uma característica definidora da região, viabilizando o seu usufruto através de uma das práticas mais naturais à condição humana – a caminhada – e contribuindo de forma inequívoca para a sustentabilidade do mundo rural, através da dinamização da actividade económica, estímulo das actividades e serviços já existentes, manutenção e reforço das tradições e cultura locais, incentivo à criação de novos negócios e promoção do destino fora das épocas de maior afluência.

A beleza da paisagem, o património natural, histórico e cultural, os recursos turísticos e a natureza pública dos caminhos, foram os principais critérios seguidos no processo de escolha do traçado, composto por caminhos existentes e formado pelo Caminho HistóricoTrilho dos Pescadores e vários Percursos Circulares, itinerários que se complementam revelando a verdadeira essência do Sw de Portugal.

Filosofia, Missão e Objectivos

Conscientes de que esta região é um dos últimos redutos naturais da costa sul da Europa, os empresários, instituições e população local temem pela sua destruição e estão determinados em preservar o que a torna tão especial.

Desenvolver, apostando nos valores naturais e culturais, é um caminho sem falhas, que permitirá sustentar pequenos negócios durante todo o ano e proporcionar a pessoas de todo o mundo o contacto com uma realidade autêntica e cheia de personalidade.

Este projecto quer-se consciente e servidor dos interesses públicos, mas competitivo, dinâmico, pro-activo e orientado para o mercado.

 

Objectivos

 

 • Afirmar o Sw de Portugal como destino internacional de turismo de natureza, sensibilizando todos para a importância ambiental e cultural da região

• Regular a passagem de caminhantes por zonas ambientalmente sensíveis

• Consolidar rede de desenvolvimento (empresas, instituições, população)

• Dotar a região de infra-estrutura pública de usufruto da natureza, aproximando o turista da população local

• Estimular a oferta existente em época média/baixa e criar novas oportunidades de negócio

Parceiros e Promotores

A Rota Vicentina – Associação para a Promoção do Turismo de Natureza na Costa Alentejana e Vicentina, foi formalmente criada em Julho de 2013 e é a entidade responsável pelo projecto Rota Vicentina. Na sua fase de concepção, foi a Associação Casas Brancas, a entidade coordenadora, em parceria com a associação Almargem, os municípios e juntas de freguesia, entidades locais e regionais, empresas e indivíduos que apoiaram e viabilizaram o projecto a vários níveis.

Apoia-se da mais significativa rede de parceiros, públicos e privados, unidos numa iniciativa conjunta em prol dos interesses do turismo e do desenvolvimento da região.

ESTATUTOS DA ASSOCIAÇÃO ROTA VICENTINA

REGULAMENTO INTERNO DA ASSOCIAÇÃO ROTA VICENTINA

Rota Vicentina   Gestão e Coordenação do projecto


Rota Vicentina

A Rota VicentinaAssociação para a Promoção do Turismo de Natureza na Costa Alentejana e Vicentina é uma entidade associativa sem fins lucrativos, constituída a 05 de Junho de 2013, para gerir, manter, integrar, dinamizar e promover o produto turístico que a Rota Vicentina representa.

www.rotavicentina.com

 

Casas Brancas   Concepção e Implementação do projecto


Casas Brancas

As Casas Brancas são uma rede de pequenas empresas locais que se assumem como complementares entre si, constituindo uma oferta integrada. Pautando-se por critérios de qualidade exigentes e zelando pelo respeito e satisfação integral do cliente e pela promoção da qualidade turística da região, as Casas Brancas – Associação de Turismo de Qualidade do Litoral Alentejano e Costa Vicentina – nasce em 2002, contando hoje com 58 sócios, entre alojamento, restaurantes e animação turística. O desenvolvimento sustentado da região é o objectivo último desta associação sem fins lucrativos, sendo o projecto Rota Vicentina o resultado desta visão e deste compromisso para com o Sw de Portugal.

www.casasbrancas.pt

 

Almargem   Co-promotora para a região do Algarve (Concepção)


Almargem

A Almargem - organização não governamental de ambiente - foi responsável pela implementação operacional da Rota Vicentina no Algarve em 2012/2013, sendo também a entidade responsável pela implementação e gestão do projecto Via Algarviana, uma grande rota pedestre (GR 13) com 300 km, entre Alcoutim e o Cabo de S. Vicente.

www.almargem.org

 

Parceria Estratégica

Municípios   


Santiago do Cacém Sínes Odemira Aljezur Vila do Bispo
 

Os Municípios dão um importante contributo a nível técnico e financeiro, desde a fase de implementação do projecto, tendo igualmente assumido uma componente crucial no apoio à manutenção do traçado.

Juntas de Freguesia


Santiago do Cacém, União das Freguesias de S. Domingos e Vale de Água , Cercal do Alentejo, Sines, Porto Covo, Vila Nova de Milfontes, S. Luís, Longueira/Almograve, Odemira (S. Salvador e Santa Maria), Boavista dos Pinheiros, S. Teotónio, Sabóia, Santa Clara-a-Velha, Odeceixe, Rogil, Aljezur, Bordeira, Vila do Bispo/Raposeira e Sagres.

As Juntas de Freguesia assumem um importante papel na manutenção dos trilhos e sinalética e articulação com a população local.

 

 

Entidade Regional de Turismo do Alentejo

Contribuição financeira e apoio em acções de promoção nacional

 

Turismo de Portugal

Apoio em acções de promoção internacional
 

Associação de Turismo do Algarve

Apoio em acções de promoção internacional

 

Agência do Alentejo

Apoio em acções de promoção internacional

 

Região de Turismo do Algarve

Apoio em acções de promoção nacional

 

ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas

Colaboração na selecção e viabilização dos troços do percurso dentro do PNSACV

 

 

Polis Litoral Sudoeste

Articulação com o projecto Ecovia

 

FCMP – Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal

Homologação do Caminho Histórico como GR 11 / E9

 

ERA – European Ramblers Association

Certificação internacional do Caminho Histórico como "Leading Quality Trails - Best of Europe."

 

Adventure Travel Trade Association

Rede de desenvolvimento de Turismo Sustentável a nível mundial

 

Signatária do "Código Global da Ética para o Turismo"

Programa de Ética e Responsabilidade Social da Oganização Mundial do Turismo, uma agência da Organização das Nações Unidas (ONU), responsável pela promoção de um turismo responsável, sustentável e universalmente acessível

 

Trilha Transcarioca

Rota com 180 km que atravessa o Rio de Janeiro. Protocolo de Colaboração celebrado a 7 de Novembro de 2016, que entre vários objectivos estipula uma estreita colaboração e partilha de conhecimento entre dois projectos irmãos.

 

 

Prémios e Distinções

Distinguido com 6 prémios desde o seu lançamento em Maio de 2012, o projecto Rota Vicentina tem vindo a ser reconhecido como uma mais valia para a região.

A adicionar a estes galardões, também o filme promocional conquistou desde o seu lançamento, em 2012, 11 distinções em festivais nacionais e internacionais, tendo ficado entre os 10 finalistas do Grand Prix CIFFT 2013, seleccionados pelo International Committee of Tourism Film Festivals, que tem em consideração todos os prémios conquistados ao longo do ano.

PRÉMIOS ATRIBUÍDOS AO PROJECTO


O Caminho Histórico da Rota Vicentina foi distinguido com a Certificação Europeia “Leading Quality Trails – Best of Europe”, da responsabilidade de ERA (European Ramblers Association), integrando o lote exclusivo dos melhores destinos de caminhada na Europa.

Fevereiro de 2016

 

Prémios Europeus de Promoção Empresarial 2014 - distinção nacional numa iniciativa promovida pela Comissão Europeia que visa salientar o papel do sector público na criação de um ambiente favorável ao desenvolvimento das empresas e do empreendedorismo.

2.º Prémio Nacional na categoria "Apoio ao desenvolvimento de mercados ecológicos e à eficiência dos recursos" - 25 de Junho, Lisboa, Portugal

 

Prémios Mais Alentejo - prémios atribuídos pela revista Mais Alentejo, que distinguem empresas, entidades e personalidades ligadas à região, em áreas tão diversas como o turismo, a literatura, o desporto, o cinema, a fotografia ou a gastronomia.

Prémio "Mais Inovação" - Novembro de 2013, Évora, Portugal.

 

Green Project Awards Portugal - Projeto internacional, com edições em Portugal, Brasil, Moçambique, Cabo Verde e Angola, promovido em parceria com os Governos locais e vários representantes dos principais sectores de actividade económica, e que tem por objetivo mobilizar a sociedade para o desenvolvimento sustentável.

Menção Honrosa, na categoria "Agricultura, Mar e Turismo" - Outubro de 2013, Lisboa, Portugal.

 

Portugal Trade Awards 2013 - uma iniciativa da prestigiada Revista Publituris, dedicada ao sector do Turismo e que premeia anualmente as melhores iniciativas e empresas de Turismo.

Prémio "Inovação" - Fevereiro de 2013, BTL Lisboa, Portugal .

 

British Guild of Travel Writers - Sociedade Britânica de Ecritores de Viagens que anualmente premeia iniciativas turísticas no mundo inteiro.

Prémio de Mérito - Novembro de 2012, Londres, Inglaterra.

 

LIDE Turismo e Gastronomia - prémio atribuído pela associação empresarial LIDE.

Prémio "Welcome to Portugal" - Setembro de 2012

 

PRÉMIOS ATRIBUÍDOS AO FILME


Baku International Tourism Film Festival - evento cultural sem fins lucrativos realizado em Baku, na capital do Azerbeijão, que visa distinguir filmes que promovam destinos turísticos.

1.º prémio (Golden Award), na categoria "Ecoturismo" - Novembro de 2013, Baku, Azerbeijão

 

Grand Prix CIFFT 2013 - International Committee of Tourism Film Festivals. Prémio atribuído pelo Comité Internacional dos Festivais de Filmes Turísticos, uma ONG reconhecida pela Organização Mundial do Turismo que visa a promoção do turismo através do meio-audiovisual, e que anualmente entrega um prémio no "Festival dos Festivais" ao filme mais premiado em vários festivais realizados em diversos países.

Nomeado para o "Grand Prix" - Novembro de 2013, Viena, Áustria.

 

Art&Tur – Festival Internacional de Filmes de Turismo - Festival prestigiado a nível mundial, membro do Comité Internacional dos Festivais de Filmes de Turismo (CIFFT), e que integra uma rede de dezasseis festivais internacionais que anualmente co-organizam o "Festival dos Festivais" em Viena, elegendo o melhor filme de turismo a nível mundial.

Melhor Filme – "Grand Prix"
Melhor Filme Promocional
Melhor Filme de Turismo Português
1.º prémio, categoria "Expedições e Viagens"
1.º prémio, categoria "Turismo Rural"

Novembro de 2013, Barcelos, Portugal.

 

Cannes Corporate Media & TV Awards - Premeiam anualmente os melhores filmes institucionais e documentários televisivos a nível mundial, num dos locais mais emblemáticos para o cinema no mundo: Cannes, França.

Golfinho de Prata, na categoria "Filmes de Turismo" - Outubro de 2013, Cannes, França.

 

TOURFILM – International Film Festival On Tourism Films - Festival que tem por missão promover filmes e premiar aqueles que melhor contribuem – pela sua qualidade e conteúdo artístico – para o desenvolvimento do turismo nacional e internacional.

1.º prémio, na categoria "videos e filmes até 30 minutos apresentando países, instituições nacionais, regiões e cidades, turismo comercial" - Outubro de 2013, Karlovy Vary, República Checa.

 

IFFEST Document.Art - Festival Internacional de Cinema destinado a premiar produções em Arte, Ecologia e Turismo.

1.º Prémio, na categoria "Filme de Ecoturismo", na secção de "filme de turismo" - Setembro de 2013, Bucareste, Roménia.

 

Deauville Green Awards 2013 – The International Film Festival For Sustainable Development and Ecology - Festival internacional de filmes institucionais e programas televisivos sobre temática da ecologia e do desenvolvimento sustentável, que se assume como uma plataforma para o intercâmbio cultural entre especialistas das áreas da comunicação e ecologia.

Finalista, na categoria "Ecoturismo e Biodiversidade" - Junho de 2013, Deauville, France.

 

US International Film & Video Festival - promovido desde 1967, este festival premeia produções em 5 secções: Institucional, Entretenimento, Educação, Documentário e Produções Estudantis.

Vencedor do Certificado por Excelência Criativa, na categoria de "filmes de turismo - Junho de 2013, Los Angeles, EUA.

 

Tourfilm Riga – International Tourism Film Festival - premiando desde 2008 filmes que promovem cidades, regiões e países como destinos turísticos e outros produtos turísticos.

2.º prémio, na categoria "Turismo Comercial" - Abril de 2013, Riga, Letónia.

 

New York Festivals International Television & Film Awards - Festival dedicado às indústrias televisivas e cinematográficas que leva a competição filmes de mais de 50 países.

Bronze World Medal, na categoria "Filme e Video – produções industriais - Abril de 2013, Las Vegas, EUA.

 

The Golden City Gate – International Tourism Film & Multimedia Competition - competição anual na área do marketing de turismo, que desde 2001 tem lugar na ITB Berlim, a maior Feira de Turismo do mundo, oferecendo a possibilidade às empresas e organismos do sector, apresentarem os seus filmes a uma audiência internacional.

3.º prémio , na categoria "Regiões" - Março de 2013, ITB Berlim, Alemanha.

 

Projectos co-financiados pela UE

O projecto Rota Vicentina está num processo de expansão, integrado num investimento estratégico ao abrigo do Programa Portugal 2020, financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

Conta também com o apoio dos seis Municípios que a Rota Vicentina atravessa, ou seja, Sines, Santiago do Cacém, Odemira, Aljezur, Vila do Bispo e Lagos, assim como do Turismo de Portugal, da Região de Turismo do Algarve (ERT Algarve), da Região de Turismo do Alentejo (ERT Alentejo) e da Agência Regional de Promoção Turística do Alentejo (ARPTA).

 

Actuais projectos em curso:

 

SW 360º


 

ENTRE A SERRA E O MAR